IDENTIDADE DOS PROFESSORES INDÍGENAS E PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO/MANAUS-AM

 

IDENTIDADE DOS PROFESSORES INDÍGENAS E PROCESSO DE TERRITORIALIZAÇÃO/MANAUS-AM

 

Autor(a): Altaci Corrêa Rubim.

Orientador(a): Prof. Dr.. Alfredo Wagner Berno de Almeida.

 

Resumo: Este trabalho apresenta a elaboração da identidade do professor indígena num novo processo de territorialização em que o campo empírico foi a cidade de Manaus. Nesse novo processo, os agentes sociais se reorganizam formando um movimento coletivo com diferentes etnias, em prol de reivindicações específicas, reelaborando e ressignificando conceitos, impondo a sua classificação. Nesse sentido, o principal objetivo deste estudo é dar visibilidade às identidades coletivas da cidade, aos processos de reorganização social das comunidades indígenas que demarcam suas territorialidades específicas na cidade e às reivindicações por uma Escola Diferenciada, que represente a identidade do professor indígena e de sua respectiva comunidade, ou seja, de cada povo que trabalha com a Escola Diferenciada em Manaus.

 

Palavras-chave: Professores Indígenas; Territorialidades Específicas; Escola Diferenciada; Identidade Coletiva.

 

VISUALIZAR DISSERTAÇÃO